Item LGG NOV 370 - Paisagem fotográfica de fatos da atualidade: vista arquitetônica das obras da Usina Hidrelétrica (Usina velha). Luiz Germano Gieseler (autor).

Área de identificação

Código de referência

BR RSMADP LGG-300-320-322-D5-LGG NOV 370

Título

Paisagem fotográfica de fatos da atualidade: vista arquitetônica das obras da Usina Hidrelétrica (Usina velha). Luiz Germano Gieseler (autor).

Data(s)

  • [?-1923] (Produção)

Nível de descrição

Item

Dimensão e suporte

NOV - Negativo de vidro (9x12 cm, horizontal)

Área de contextualização

Nome do produtor

(n. 27/7/1870 m. 25/5/1954)

Entidade custodiadora

História do arquivo

Procedência

Carta de Doação de Acervo - CDA 11/91 de 13/05/1991. Doador: registrado Hermann Gieseler, denominação que Alfredo Gieseler era conhecido (18/12/1934-21/02/1991), neto de Luiz Germano Gieseler, irmão de Alice Gerda Hieck e Edgar Gieseler (filhos de Paulo Otto Germano).

Área de conteúdo e estrutura

Âmbito e conteúdo

A imagem mostra as obras da Usina pela empresa Luchsinger e Cia, junto à cascata, cachoeira do Rio Potiribu num período que poderia ser a segunda década de XX. "Inicialmente foi instalada uma turbina hidráulica (movida à água) como mostra a foto. A queda dá água ao fundo, com 11,20 metros, de acordo com projeto da usina de 1920, do relatório de 1º/12/1919 a 30/11/1920, gera a força para mover a turbina, as tubulações da foto, em três partes, após montadas numa tubulação só, conduz a água a partir de um canal, bem acima à direita na foto, até a turbina. O prédio também em construção abriga até hoje o mecanismo gerador da energia elétrica. Foi inaugurada em 15 de novembro de 1923, recebida neste dia pelo então Intendente Municipal Coronel Antônio Soares de Barros, o Coronel Dico. Em junho de 1923, a título de experiência, começou a funcionar a iluminação pública de Ijuí, conforme Relatório da Intendência Municipal de Ijuí, 1º/12/1919 a 30/11/1920. Na época, sendo maior a geração de energia elétrica do que o consumo, o excedente era vendido para o município de Santo Ângelo, a partir de julho de 1924, cujo contrato tinha o prazo de 29 anos durante as 24 horas, do dia. A rede de alta tensão condutora da energia elétrica para o vizinho município de Santo Ângelo iniciava junto da Usina Velha, atravessando o rio Potiribu e na propriedade do meu avô Luiz Germano Gieseler tinha início a colocação dos postes de madeira para sustentação da mesma, seguindo até Santo Ângelo. Após o encerramento do contrato de fornecimento de energia a rede foi desativada e desmanchada, sendo que a sua contratação foi executada pelo engenheiro Luiz Carlos Prestes, o qual várias vezes almoçou e jantou na casa dos meus avós, posteriormente ele foi o líder da famosa "Coluna Prestes". A residência dos meus avós, na época, foi uma das primeiras moradias do município beneficiados com eletricidade. Posteriormente, na foto, no local onde estão depositadas as tubulações, foi construído o prédio para a instalação da segunda turbina, inaugurada em 1932. Não possuo a identificação das pessoas da foto. No lado esquerdo da foto, bem ao nível de cima da queda d´água nota-se o início da "bica" que conduzia a água para mover o moinho da nossa família, localizado no lado oposto da usina e do Rio Potiribu". Fonte: pesquisa feita por Edgar Beno Gieseler, conforme pasta 1.

Avaliação, selecção e eliminação

Seleção de doação para a instituição de custódia

Ingressos adicionais

Sistema de arranjo

Área de condições de acesso e uso

Condições de acesso

Condiçoes de reprodução

Idioma do material

Script do material

Notas ao idioma e script

Características físicas e requisitos técnicos

Bom estado de conservação

Instrumentos de descrição

Instrumento de pesquisa gerado

Área de documentação associada

Existência e localização de originais

  • Custódia do MADP/FIDENE, Arquivo deslizante.

Existência e localização de cópias

Unidades de descrição relacionadas

Descrições relacionadas

Área de notas

Identificador(es) alternativos

Pontos de acesso

Pontos de acesso de assunto

Pontos de acesso local

Ponto de acesso nome

Pontos de acesso de gênero

Área de controle da descrição

Identificador da descrição

Identificador da instituição

Regras ou convenções utilizadas

Norma de descrição: ISAD (G): Norma geral internacional de descrição arquivística: segunda edição, adotada pelo Comitê de Normas de Descrição, Estocolmo, Suécia, 19-22 de setembro de 1999, versão final aprovada pelo CIA. – Rio de Janeiro: Arquivo Nacional, 2000. Ponto de acesso-assunto: Classificação temática criada pelo MADP para fotografias desde a década de 80.

Status

Nível de detalhamento

Datas de criação, revisão, eliminação

Idioma(s)

Sistema(s) de escrita(s)

Fontes

Nota do arquivista

Revisões: Amanda Keiko Higashi, 31/01/2017, 20/07/2018.

Zona da incorporação

Assuntos relacionados

Pessoas e organizações relacionadas

Gêneros relacionados

Lugares relacionados