Print preview Close

Showing 44 results

Archival description
Luiz Germano Gieseler
Advanced search options
Print preview View:

Controle de bens patrimoniais

Refere-se aos documentos de propriedades e outros bens, no âmbito do círculo/núcleo familiar (cônjuge e filhos), que inclui bens móveis e imóveis.

Retrato fotográfico de família: mãe, pai e filhos da família Gieseler. Luiz Germano Gieseler (autor).

Emílio Ernesto (Emil Ernst) nascido em Santa Cruz/RS (20/03/1899) e falecido em Santa Rosa/RS (12/11/1980); Emílie Anna, nascida em Santa Cruz/RS (17/06/1894) e falecida em Ijuí/RS (18/11/1949) e Henrique Arthur Max (Heinrich Arthur Max, o tio Max) nascido em Santa Cruz/RS (14/09/1896) e falecido em Tunas, Giruá/RS (20/07/1978); Adolfo Ricardo Guilherme (Adolf Richard Wilhelm) nascido em Ijuí/RS (11/01/1911) e falecido em Ijuí/RS (24/10/1997); Paulo Otto Germano (Paul Otto Hermann, pai de Edgar Beno Gieseler) nascido em Ijuí/RS (16/04/1906) e falecido em Ijuí/RS (28/01/1992).
FORMA DO CONTEÚDO:
Local: Bosque na propriedade da Família Gieseler. Linha1, Leste, Ijuí, RS, Brasil. A imagem mostra o casal Luiz Germano Gieseler (Ludwig Hermann Gieseler) e Maria Emilia com os filhos em fotografia externa, ao ar livre, que poderia ser as proximidades da residência e ou do Rio Potiribu. Da esquerda para a direita estão em pé, na fila de trás: Emílio Ernesto (Emil Ernst); Emílie Anna e Henrique Arthur Max (Heinrich Arthur Max, o tio Max). Da esquerda para a direita à frente estão: o pai Luiz germano Gieseler (Ludwig Hermann Gieseler); Adolfo Ricardo Guilherme (Adolf Richard Wilhelm); Paulo Otto Germano (Paul Otto Herman) e a mãe Maria Emílie.

Retrato fotográfico de infância dos filhos de Luiz Germano e Maria Emilia Giseler. Luiz Germano Gieseler (autor).

Local: Propriedade da Família Gieseler. Linha1, Leste, Ijuí, RS, Brasil. A imagem mostra os filhos do casal Luiz Germano Gieseler (Ludwig Hermann Gieseler) e Emílie em frente à porta casa de tijolos à vista em Ijuí-RS, com data aproximada entre 1912 e 1914, "as roupas usadas eram sempre feitas em casa pela própria família". Da esquerda para a direita na fila de trás estão: Emílie Anna; Emílio Ernesto (Emil Ernst); Henrique Arthur Max (Heinrich Arthur Max, o tio Max); na fila da frente: Adolfo Ricardo Guilherme (Adolf Richard Wilhelm); Paulo Otto Germano. Fonte: adaptado do relato escrito de Edgar Gieseler, pasta 2.

Fotografia instantânea de Paulo Otto Germano Gieseler alimentando os animais. Luiz Germano Gieseler (autor).

Local: Propriedade da Família Gieseler. Linha1, Leste, Ijuí, RS, Brasil. O menino Paulo Otto Germano Gieseler alimentando os filhotes de patos e brincando com os cachorros. O espaço fica próximo à residência da família e ao fundo, um galpão chamado "ferraria" onde preparavam peças metálicas (ferro) usadas no moinho.

Paisagem fotográfica: vista da propriedade da família Gieseler, paisagem arquitetônica e natural. Luiz Germano Gieseler (autor).

Local: Propriedade da Família Gieseler. Linha1, Leste, Ijuí, RS, Brasil. A imagem mostra o moinho, ao lado a residência da família Gieseler e os galpões. Ao lado oposto da propriedade está a cachoeira do Rio Potiribu e a Usina Hidrelétrica (hoje Usina Velha), com apenas a primeira turbina geradora de energia. A foto pode ser do período entre 1923 e 1932, cuja vista da imagem foi capturada da estrada que dá acesso à Usina. Fonte: adpatado da pesquisa e relato feitos por Edgar Beno Gieseler, pasta 1

Autorretrato fotográfico. Luiz Germano Gieseler (autor).

Autorretrato de Luiz Germano Gieseler utilizado em anúncio do moinho. Não há indícios, registros que mencionem ser um autorretrato, porém, na época já era possível realizar a própria imagem de forma autônoma controlando o tempo do obturador.

Fotografia criativa: roda d´água do moinho dos Gieseler, vista parcial arquitetônica. Luiz Germano Gieseler (autor).

Local: Propriedade da Família Gieseler. Linha1, Leste, Ijuí, RS, Brasil. Data da foto está relacionada à data da imagem do "lenhador" (LGG C29 305), devido à geada, em 22/07/1915. A imagem mostra a água congelada que vem da bica do rio, também no cocho de água para equinos, próximo à roda do moinho, instalado para os animais dos clientes que ali paravam. Fonte: texto aptado da pesquisa e relato feitos por Edgar Beno Gieseler, pasta 1.

Paisagem fotográfica: vista parcial do moinho dos Gieseler. Luiz Germano Gieseler (autor).

Local: Propriedade da Família Gieseler. Linha1, Leste, Ijuí, RS, Brasil. A imagem mostra o prédio do moinho colonial de Luiz Germano Gieseler, juntos à cascata do Rio Potiribu, Usina Velha. Na janela aparecem Maria Emilie com um dos filhos, na outra janela ao lado, outro filho e no andar de baixo, na escada da porta de entrada, mais um dos filhos em pé. Também, em torno do moinho estão alguns animais como porcos soltos no pátio.

Paisagem fotográfica: residência da família Gieseler, vista arquitetônica. Luiz Germano Gieseler (autor).

FORMA DO CONTEÚDO:
Local: Linha 1, Leste-Ijuí, RS, Brasil. Primeiro Plano: uma perspectiva da edificação, mas com destaque maior para os fundos da residência, posição ao norte, cuja porta dá acesso à cozinha, que mostra a chaminé que fica sobre a varanda, de frente para o Rio Potiribu. Plano de detalhes: no pátio estão as sobras dos materiais utilizados na construção da edificação e um cão que passeia no entorno, há uma figura masculina de chapéu, na entrada da cozinha e duas crianças na janela do sótão ou último andar da casa, todos podem ser os filhos de Luiz Germano Gieseler. Na lateral, com vistas para o oeste, está a fachada principal da residência, com porta de acesso principal, cercada com um gradil e pilares de tijolos à vista seguindo o mesmo acabamento da construção. Plano de fundo: palmeiras plantadas no lado oposto à entrada da cozinha, ao sentido sul. A casa, com três níveis: o porão no nível inferior; no nível intermediário, ficam as portas de acesso, janelas dos cômodos e a varanda; no nível superior, o sótão com janela. A cobertura da edificação possui telhas de madeira falquejada e a chaminé coberta com folhas de zinco. A construção da casa foi concluída em 1912.

Paisagem fotográfica: residência da família Gieseler, vista arquitetônica. Luiz Germano Gieseler (autor).

A casa família Gieseler foi projetada por Luiz Germano Gieseler e por ele construída com ajuda de um grupo de homens, que não há registro quem eram exatamente. A conclusão da obra foi em 1912 e a edificação existe até hoje (2018) e possui três níveis: o porão no nível inferior; no nível intermediário, ficam as portas de acesso, janelas dos cômodos e a varanda; no nível superior, o sótão com janela. A cobertura da edificação possui telhas de madeira falquejada e a chaminé coberta com folhas de zinco.
FORMA DO CONTEÚDO:
Local: Linha 1, Leste-Ijuí, RS, Brasil. Primeiro Plano: uma perspectiva da construção com destaque a duas fachadas: uma em direção ao sul, com palmeira na lateral e apenas janelas; outra, em direção leste, com varanda e jardineira, que dá de frente para o rio Potiribu. Plano de detalhes: no pátio estão as sobras dos materiais utilizados na construção da edificação. Plano de fundo: uma segunda construção que fica para a fachada da cozinha da residência, onde está localizada a chaminé. A casa, com três níveis: o porão no nível inferior; no nível intermediário, ficam as portas de acesso, janelas dos cômodos e a varanda; no nível superior, o sótão com janela. A cobertura da edificação possui telhas de madeira falquejada e a chaminé coberta com folhas de zinco. A construção da casa foi concluída em 1912. Casa residencial de Luiz Germano Gieseler, vista da lateral sul.

Results 1 to 10 of 44