Print preview Close

Showing 106 results

Archival description
Luiz Germano Gieseler
Advanced search options
Print preview Hierarchy View:

25 results with digital objects Show results with digital objects

Prática Fotográfica

Refere-se aos documentos, principalmente fotográficos acumulados no decorrer da fotografia, uma habilidade de Luiz Germano Gieseler, que reuniu vários temas e gêneros fotográficos no âmbito do círculo/núcleo familiar (cônjuge e filhos), como em suas relações com comunidade local. Outros gêneros documentais foram produzidos no decorrer dessa função, como textuais e tridimensionais, principalmente para as revelações fotográficas em laboratório. Constituído pelas seguintes subséries, que representam subfunções:
031 SUBSÉRIE Relações no âmbito familiar
031.1 SUBSUBSÉRIE Controle de bens patrimoniais e economia familiar
031.2 SUBSUBSÉRIE Recordações pessoais e círculo/núcleo familiar
031.3 SUBSUBSÉRIE Recordações de eventos sociais familiares
032 SUBSÉRIE relações com a comunidade e o município
032.1 SUBSUBSÉRIE Cobertura fotográfica de eventos sociais privados
032.2 SUBSUBSÉRIE Cobertura fotográfica artísticas e informativas em eventos públicos
033 SUBSÉRIE Processo fotográfico em laboratório
033.1 SUBSUBSÉRIE Revelações fotográficas

Paisagem fotográfica: vista parcial do moinho dos Gieseler. Luiz Germano Gieseler (autor).

Local: Propriedade da Família Gieseler. Linha1, Leste, Ijuí, RS, Brasil. A imagem mostra o prédio do moinho colonial de Luiz Germano Gieseler, juntos à cascata do Rio Potiribu, Usina Velha. Na janela aparecem Maria Emilie com um dos filhos, na outra janela ao lado, outro filho e no andar de baixo, na escada da porta de entrada, mais um dos filhos em pé. Também, em torno do moinho estão alguns animais como porcos soltos no pátio.

Paisagem fotográfica: residência da família Gieseler, vista arquitetônica. Luiz Germano Gieseler (autor).

A casa família Gieseler foi projetada por Luiz Germano Gieseler e por ele construída com ajuda de um grupo de homens, que não há registro quem eram exatamente. A conclusão da obra foi em 1912 e a edificação existe até hoje (2018) e possui três níveis: o porão no nível inferior; no nível intermediário, ficam as portas de acesso, janelas dos cômodos e a varanda; no nível superior, o sótão com janela. A cobertura da edificação possui telhas de madeira falquejada e a chaminé coberta com folhas de zinco.
FORMA DO CONTEÚDO:
Local: Linha 1, Leste-Ijuí, RS, Brasil. Primeiro Plano: uma perspectiva da construção com destaque a duas fachadas: uma em direção ao sul, com palmeira na lateral e apenas janelas; outra, em direção leste, com varanda e jardineira, que dá de frente para o rio Potiribu. Plano de detalhes: no pátio estão as sobras dos materiais utilizados na construção da edificação. Plano de fundo: uma segunda construção que fica para a fachada da cozinha da residência, onde está localizada a chaminé. A casa, com três níveis: o porão no nível inferior; no nível intermediário, ficam as portas de acesso, janelas dos cômodos e a varanda; no nível superior, o sótão com janela. A cobertura da edificação possui telhas de madeira falquejada e a chaminé coberta com folhas de zinco. A construção da casa foi concluída em 1912. Casa residencial de Luiz Germano Gieseler, vista da lateral sul.

Retrato fotográfico do casamento de Henrique Arthur Max Gieseler e Justina Ida Lausch. Luiz Germano Gieseler (autor).

FORMA DO CONTEÚDO:
Local: Linha 1, Leste-Ijuí, RS, Brasil. Casal de noivos Henrique Arthur Max Gieseler e Justina Ida Lausch, que que posam para fotografia em frente à porta da residência da propriedade da família Gieseler. Primeiro Plano: os noivos estão no centro da imagem, posicionados no último degrau da escada em frente à posta residencial e ambos estão em posição de frente para o outro, em leve sentido diagonal, onde ela olha em direção à câmera e ele olha para a lateral. O vestido da noiva é na cor branca, no estilo que segue nos anos 1920, mais soltos e curtos, cortes mais retos com sapatos e parte das pernas a mostra, possui véu e ela segura um grande buquê de flores numa das mãos. Plano de detalhes: eles não estão sorrindo e preservam os braços relaxados, que não estão entrelaçados. Plano de fundo: o ambiente da cena é externo, o entorno da escada e porta está decorado com folhagens tropicais (palmeira leque) e um vaso no degrau. Henrique Arthur (14/09/1896-20/07/1978), também chamado apenas por Max era o filho mais velho dentre os rapazes, sendo Anna Emilia nascida primeiramente, ainda em Santa Cruz como ele.
FORMA DA EXPRESSÃO: fotografia posada; enquadramento I: vertical; enquadramento II: centro; enquadramento III: 3 planos; enquadramento IV: objeto central: casal de noivos; nitidez I (foco): objeto central e demais planos no foco; nitidez II (impressão visual) o contraste é suficiente (linhas definidas) no objeto central e demais planos; nitidez III (iluminação) clara sem sombras.

Luiz Germano Gieseler

Retrato fotográfico do casamento de Gustavo Mohr e Ida Emilia Elisabeth Weber, confraternização. Luiz Germano Gieseler (autor).

FORMA DO CONTEÚDO:
Local: distrito rural Alto da União-Ijuí, RS, Brasil. Casal de noivos Gustavo Mohr e Ida Emilia Elisabeth Weber e família posam para fotografia durante a confraternização de casamento. Primeiro plano: Os noivos aparecem no centro da imagem, sentado na ponta da mesa e os demais membros da família estão posicionados ao redor do casal, sendo adultos e crianças misturados, sem ordem aparente de pais e filhos. A noiva usa vestido todo escuro (provavelmente na cor preta), sobre usa cabeça, uma tiara, coroa ou arranjo composto de flores com folhas delicadas. O noivo usa terno escuro (provavelmente na cor preta). Plano de detalhes: Pelos gestos ou movimentos irreverentes dos retratados masculinos, o momento é alegre e descontraído. Um sujeito, usando máscara levanta a garrafa cheia de uma bebida escura, que pode estar sendo usada para o brinde dos noivos, pois há apenas três copos cheios sobre a mesa. A mãe da noiva, Henriqueta Helena (irmã de Luiz Germano Gieseler), na época, viúva de Henrique Weber, está sentada sobre a mesa no lado direito e segura um dos copos; Fritz Willy (irmão de Luiz Germano) de bigode, lenço no pescoço e boné de lado; Clara Helena Hedwig (irmã de Luiz Germano), casada com Frederico Germano Genz, próxima à noiva, no lado esquerdo. Plano de fundo: O ambiente da cena parece o interior de uma residência ou estabelecimento de madeira: ao fundo, um pano ou cortina escura para o registro fotográfico dos noivos e ao lado mostra a parede de madeira na cor clara com dois quadros pendurados. Ida Weber (23/07/1896-13/04/1963), sobrinha de Luiz Germano Gieseler. Gustavo Mohr (17/05/1894-20/10/1940). Ambos, quando faleceram foram sepultados no cemitério do distrito rural Alto da União-Ijuí, RS, Brasil.
FORMA DA EXPRESSÃO: fotografia posada; enquadramento I: horizontal; enquadramento II: centro; enquadramento III: 3 planos; enquadramento IV: objeto central: casal de noivos; nitidez I (foco): objeto central e demais planos no foco, exceto a menina no canto esquerdo e crianças no fundo; nitidez II (impressão visual) o contraste é suficiente (linhas definidas) no objeto central e no lado direito, já os demais planos estão com pouca definição ou esmaecidos; nitidez III (iluminação) clara sem sombras.
Série Prática Fotográfica, Subsérie relações familiares, Subsubsérie Confraternizações e Cerimônias, Dossiê Recordações de casamento.
ANOTAÇÕES: Este casamento está registrado numa das caixas/embalagens originais dos negativos de vidro que foram entregues à instituição de custódia. A anotação pertence à caixa 29, que continha os negativos 297 e 301, de mesmo contexto desta imagem descrita. Esta imagem, pertencente ao negativo 120, estava separado dos demais, na caixa nº12. Explicação sobre a notação do código de localização, ver item “regras e convenções”.

Luiz Germano Gieseler

Results 1 to 10 of 106